1°ESQUADRÃO DE HELICÓPTEROS DE EMPREGO GERAL NA OPERANTAR XXXV

No dia 14 de outubro, as aeronaves UH-13 N-7062 e N-7063, pertencentes ao 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, decolaram da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia e embarcaram no Navio Polar Almirante Maximiano, para início da OPERANTAR XXXV.

Os familiares e amigos da Tripulação estiveram no Hangar do Esquadrão HU-1 para desejar uma boa viagem e sucesso em mais uma longa missão atribuída ao “Tudão”.

Operando a partir do Navio Polar Almirante Maximiano, o Destacamento Aéreo Embarcado é composto por 4 pilotos e 10 mecânicos que, dentre suas diversas tarefas, prestarão importante apoio à reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz e aos diversos projetos de pesquisa desenvolvidos naquela região.



Detentora de um papel essencial nos sistemas naturais globais, a Antártica é o principal regulador térmico do Planeta, controlando as circulações atmosféricas e oceânicas, e influenciando o clima e as condições de vida na Terra.

Além disso, é detentora das maiores reservas de gelo (90%), água doce (70%) e abundante em recursos minerais e energéticos.

O apoio das aeronaves reveste-se de grande relevância para a Marinha e para o Brasil, na medida que apoiando os projetos de pesquisa contribui para esclarecer as complexas interações entre os processos naturais antárticos e globais, essenciais para a preservação da própria vida. Presentes no “continente dos superlativos” – mais frio, mais seco, mais alto, mais ventoso, mais remoto, mais desconhecido e o mais preservado – desde a primeira OPERANTAR, em 1982, as aeronaves têm previsão de regresso para o “Ninho das Águias” em abril de 2017.

opex2

Fonte: ComForAerNav

Facebook Comments


Compartilhe
Close