FUZILEIROS NAVAIS PRESTAM AJUDA HUMANITÁRIA NO HAITÍ APÓS PASSAGEM DE FURACÃO

O Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah) está prestando ajuda humanitária à população haitiana depois da passagem do furacão “Matthew”, que causou inundações, desabamentos e queda de árvores, deixando várias famílias desabrigadas.

Os Fuzileiros Navais participantes da Minustah estão a cerca de 300 km da capital, Porto Príncipe, atuando principalmente nas regiões de Les Cayes e Port Perrin, mais atingidas pela destruição. A tropa de Fuzileiros Navais está atuando em conjunto com a Companhia de Engenharia do Exército Brasileiro e abriu caminho até as localidades mais atingidas um dia após o furacão ter devastado o País.

Nesta sexta-feira (07), um pelotão de Fuzileiros Navais foi a primeira tropa a conseguir chegar, por terra, à cidade mais afetada, Jeremy. Os militares trabalham diuturnamente realizando reconhecimento em diversas regiões, a fim desobstruir as estradas para a chegada de assistência.

fuznav-no-haiti-3

Fonte: Comunicação Social do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra

Você pode gostar...