AERONAVES REMOTAMENTE PILOTADAS SÃO USADAS EM VOO DE RECONHECIMENTO

No dia 25 de agosto, o Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea realizou um voo de reconhecimento não tripulado no Parque Olímpico na Barra da Tijuca, em prol dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016.

Para cumprir a missão, foi utilizada uma das duas Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP), modelo FT-100, produzidas pela FT Sistemas de São José dos Campos (SP), adquiridas pelo Corpo de Fuzileiros Navais neste ano.

Estavam presentes na operação o Comandante da Unidade, os militares do pelotão ARP, que executaram o voo, e os técnicos da empresa paulista.

02092016-7a

Fonte: Marinha do Brasil

Você pode gostar...