RÚSSIA E ESTADOS UNIDOS REIVINDICAM A AUTORIA DA MORTE DO NÚMERO 2 DO ESTADO ISLÂMICO

O número dois do grupo terrorista, auto-intitulado, “Estado Islâmico” (E.I.), Abou Mohammed Al-Adnani morreu após um bombardeio. A autoria, porém, ainda não é consenso, pelo menos quando lemos em duas mídias, versões diferentes para o mesmo fato. A mídia russa RT informou que o bombardeio ocorreu na cidade síria de Allepo e por uma surtida de aeronaves de ataque SU-34.[1]

bMP6G16

Su-34

Segundo o Jornal Le Monde[2], entretanto, o jihadista foi morto por uma Aeronave Remotamente Pilotada (ARP) dos EUA na cidade de Al-Bab. A informação do Le Monde tem origem no pronunciamento do porta-voz dos EUA, Peter Cook, que afirmou a imprensa:

“As forças da coalizão realizaram um ataque de precisão perto de Al-Bab, Síria, tendo como alvo Abu Mohammed al-Adnani, um dos mais importantes executivos EI…”

MQ-9 Reaper

MQ-9 Reaper

Sendo os russos, através dos seus Sukhoi 34 ou dos americanos com um uma ARP, fato é que Al-Adnani teve sua morte confirmada pelo E.I. Em nota o grupo assim se referiu a Al-Adnani:

“Depois de uma longa viagem coroada de sacrifício, Sheikh Abu Mohammed al-Adnani juntou-se aos mártires e heróis que defenderam o Islã e lutaram contra os inimigos de Deus”

Por Graan Barros

[1]https://www.rt.com/news/357749-russia-kill-adnani-aleppo/

[2]http://www.lemonde.fr/international/article/2016/08/31/adnani-le-ministre-des-attentats-de-l-ei-est-mort_4990324_3210.html

Você pode gostar...