EM VEZ DO MISTRAL, HELICÓPTEROS “KA-52” VÃO OPERAR A PARTIR DO “ALMIRANTE KUZNETSOV”

A Marinha da Rússia deverá operar os seus helicópteros de ataque ka-52 à partir do Navio-Aeródromo, “Almirante kuznetsov. Depois da desistência da França, sob pressão dos EUA, de fornecer dois navios da classe Mistral, a marinha russa precisou encontrar uma nova solução, mesmo que transitória, para operar os seus novos helicópteros de ataque e controle Ka-52.

É sabido, entretanto, que a função de um navio aeródromo difere muito da função de um navio como o Mistral. Apesar de ambos possuírem um convoo, os navios de desembarque “porta-helicópteros”, conhecidos também pela sigla, “LHA” (Landing Helicopter Assault), foram projetados para missões costeiras, para projeta poder sobre terra, ou seja, missões Anfíbias.

tavkr-kuznetsov12-fotor-1-700x300

Mas fato é que, atualmente, a Marinha da Rússia não dispõe de um navio com essas características, que tenha um convoo que permita operar vários helicópteros simultaneamente. Até está desenvolvendo uma classe parecida com o Mistral, a Lavina (clique aqui), mas que está ainda no papel.

Por Graan Barros

Conheça o infográfico do KA-52 clicando aqui!

Você pode gostar...