PROGRAMA FACILITA ANÁLISE DE IMAGENS E METADADOS COLETADOS PELO A-1 EM SENSOREAMENTO

Novo software desenvolvido pelo Instituto de Estudos Avançados foi implantado no Esquadrão Poker, no RS

O Instituto de Estudos Avançados (IEAV), localizado em São José dos Campos (SP), desenvolveu um software para importação de dados coletados e processados pelo sistema de sensoriamento remoto RecceLite, empregado pelo Esquadrão Poker (1°/10° GAV), da Base Aérea de Santa Maria (BASM), no Rio Grande do Sul. Esses dados se referem a imagens e respectivos metadados (informações complementares das imagens) gerados em missões de reconhecimento realizadas pela unidade aerea a bordo da aeronave A-1.

O programa foi desenvolvido pelo pesquisador Vitor Conrado Gomes e pelo Capitão Vitor Lopes Mendes, ambos da Divisão de Geointeligência (EGI-S) do IEAV, durante sete meses. “Esse software possibilita que os dados de reconhecimento gerados pelo esquadrão possam ser difundidos aos usuários, em um formato de fácil leitura e sem perda de qualidade”, explica o Capitão Mendes.

Antes da entrega foram realizados vários testes de funcionamento do software nas estações de trabalho fixas e móveis do Sistema RecceLite, todos bem sucedidos. Entre os dias 11 e 15 de abril, durante a visita técnica, a equipe do IEAV realizou treinamento de uso do software aos operadores e fez a entrega formal do novo recurso tecnológico.

O novo programa atende necessidade operacional reportada pela Terceira Força Aérea (III FAE), unidade responsável pela coordenação das unidades aéreas da aviação de caça e reconhecimento da Força Aérea Brasileira (FAB).

Fonte: FAB

Editor:

As aeronaves do Esquadrão Poker que realizam missões de reconhecimento são os RA-1.

Você pode gostar...