MARINHA E ARES CELEBRAM ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE “PASSADEIRAS”

No dia 15 de março, foi assinado o Acordo de Cooperação Técnica e Científica entre o Comando do Material de Fuzileiros Navais (CMatFN), o Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais (CTecCFN), e a empresa ARES Aeroespacial e Defesa S.A..

O acordo firmado consiste em uma cooperação técnica e científica, a fim de realizar ações conjuntas de pesquisas, com o intuito de desenvolver projeto de passadeiras flutuantes para transposição de cursos d’água.

O instrumento é aderente ao disposto na Estratégia Nacional de Defesa e está fundamentado nos termos permissivos do artigo 9º da Lei 10.973 de 2004, observando, ainda, as exigências impostas pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial.

Por sua participação no projeto, a Marinha do Brasil receberá da ARES S.A., a título de royalty, um percentual sobre o faturamento líquido resultante da comercialização ou venda dos produtos ou serviços correlatos ao objeto do acordo, exceto quando esta comercialização se der com órgãos da União.

Fonte: Marinha do Brasil

Palavras do Editor:

Em 2014, o “Informativo de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha Ano 4 – Nº 14” trazia a notícia sobre um acordo para desenvolvimento de uma passadeira para os Fuzileiros Navais:

“Acordo de Cooperação Técnica e Científica entre o Comando do Material de Fuzileiros Navais (CmatFN) e a empresa ARES Aeroespacial e Defesa S.A. para desenvolvimento do projeto denominado “Passadeira Flutuante Castor‐1”; dispositivo leve, resistente, de fácil e rápida montagem e desmontagem que substituirá a passadeira de alumínio de origem francesa em uso há mais de 50 anos no CFN.”

Até o momento, não sabemos informar se os dois acordos têm como objeto a mesma Passadeira Castor.

    Passadeira flutuante Castor

Você pode gostar...