TURQUIA ABATE AERONAVE DE ATAQUE RUSSA PERTO DA FRONTEIRA COM A SÍRIA

   

A Turquia abateu uma aeronave de ataque russa na sua fronteira com a Síria. A aeronave russa, um SU-24 estava voando próxima a fronteira com a Turquia e teria sido abatida por um míssil ar-ar lançado por um caça F-16. O governo de Erdogan afirma que a aeronave teria sido alertada por violar espaço aéreo turco. 

O SU-24 não é um caça, mas uma aeronave de ataque ao solo e por isso mesmo, praticamente não possui capacidade de autodefesa, precisando ser escoltada por um caça.

Sukhoi SU-24


O Ministério da Defesa da Rússia confirma o abate, mas contesta versão de que SU-24 teria violado o espaço aéreo turco. 


“Durante todo o vôo o avião estava sobre o território da Síria. O voo foi gravado pelo controle aéreo”

Os pilotos conseguiram se ejetar.



Helicópteros russos procuram pilotos. Sabe-se que um deles foi capturado por militantes do Turgistão, que se opõem ao governo de Bashar Al-Assad.






Presidente Vladimir Putin fala pela primeira vez sobre o incidente.

Foto: Michael Klimentyev 

“A Turquia, em vez de estabelecer contatos com a Rússia imediatamente após o incidente do Su-24, se dirigiu à OTAN, como se tivesse sido abatido um avião deles”


“A tragédia do avião russo na Síria terá consequências sérias para as relações entre Moscou e Ancara”

“O incidente com Su-24 russo está fora da luta convencional contra o terrorismo”


Ministro das relações Exteriores turco pede reunião dos cinco membros do Conselho de Segurança da ONU!

Segundo o “Observatório Sírio de Direitos Humanos”, um dos helicópteros que faziam o resgate dos pilotos russos que tiveram sua aeronave derrubada pela Turquia, foi derrubado por rebeldes sírios. 
O grupo Jahed Ahmad que está o corpo de um dos pilotos russos quer negocia-lo em troca de prisioneiros.

Facebook Comments


Compartilhe
Close