MARGARETH TATCHER AMEAÇOU O BRASIL POR TER INTERCEPTADO BOMBARDEIRO INGLÊS QUE VIOLOU ESPAÇO AÉREO BRASILEIRO

Foto: Nils Jorgensen

Segundo documentos tornados públicos pelo governo inglês e divulgados pelo Daily Telegraph, Margareth Tatcher, que ocupou o cargo de primeiro-ministro em 1982, na época da Guerra das Malvinas, ameaçou o governo brasileiro por este ter autorizado a interceptação de um bombardeiro Vulcan, que violou o espaço aéreo brasileiro, após ter realizado um ataque na Operação Black Buck[1] contra um estação de radar da Argentina. [2]

A preocupação ia muito além da apreensão da bombardeiro pelo governo brasileiro, pois o Vulcão inglês carregava em um dos seus pontos duros sobre as asas, um míssil antirradar desenvolvido pelos EUA de nome AGM-45 Shrike. Os ingleses temiam que a tecnologia desse míssil pudesse ser copiada. 

Segundo os mesmos documentos, Tatcher pediu a intervenção de Washington para pressionar o governo brasileiro a liberar o bombardeiro. A solicitação foi atendida e o governo americano conseguiu finalmente convencer o governo Figueiredo a liberar a aeronave, mas o míssil ficou.

Por isso, hoje, alguns da imprensa especializada se perguntam se parte do desenvolvimento do MAR-1, míssil brasileiro com a mesma função do Shrike, ou seja de destruir o sistema de detecção da defesa antiaérea do inimigo, teria sido conseguida com a análise desse míssil. Nada que se possa afirmar.
O mesmo presidente João Figueiredo chegou a se encontrar por duas vezes com o então Secretário de Estado dos EUA, Alexander Haig e o próprio presidente Ronald Reagan[3] para discutir a guerra entre a Argentina e Inglaterra. Figueiredo temia que os ingleses atacassem a Argentina continental, o que para ele seria inadimissível e passível de retaliação por parte dos outros países da América do Sul.Leia Mais:.







Fontes usadas:

[1]https://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=https%3A%2F%2Fen.wikipedia.org%2Fwiki%2FOperation_Black_Buck&anno=2

[2]http://www.express.co.uk/news/uk/621106/Margaret-Thatcher-Falklands-war-Brazil


[3]http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,figueiredo-ameacou-apoiar-argentina-militarmente-se-britanicos-a-invadissem,856698

Por Graan Barros


Facebook Comments


Compartilhe
Close