ESTADOS UNIDOS ACUSA RÚSSIA DE USAR ATAQUES AÉREOS CONTRA OPOSITORES DE ASSAD

Durante uma entrevista coletiva ontem, no Pentagono, o Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter acusou o Kremlin de usar sua força aérea para atacar opositores do regime de Bashar Al-Assad, quando na verdade deveria atacar posições do Estado Islâmicos.[1]

A acusação foi prontamente refutada pelo Chanceler russo, Sergei Lavrov. Ele afirmou que os alvos selecionados para ataque, pela inteligência de seu país, são somente de posições do Estado Islâmico.
Até o momento, calcula-se que as aeronaves russas já realizaram mais de 20 surtidas contra o território sírio.[2]

Os grupos opositores a Assad são financiados pelos EUA e pela Arábia Saudita. Talvez, esse seja o principal motivo para críticas do Secretário de Defesa dos EUA aos ataques realizados pela Força Aérea da Rússia.

Há poucos dias um desses grupos financiados pelos EUA e treinado diretamente pelo Pentagono foi feito refém na Síria, gerando constrangimento e descontentamento por parte do Secretário de estado dos EUA, John Kerry.[3]



Por Graan Barros.

Abaixo, o mais recente vídeo dos ataques da Força Aérea da Rússia contra alvos na Síria.

Facebook Comments


Compartilhe
Close