RÚSSIA APROVA O USO DE SUAS TROPAS PARA COMBATER ESTADO ISLÂMICO NA SÍRIA


A Rússia aprovou, hoje, o uso de tropas (Força Aérea) para combater o Estado Islâmico em território sírio. Segundo o Kremlin, a ajuda é fruto do pedido direto de Bashar Al-Assad ao presidente russo, Vladimir Putin e tem como objetivo conter o avanço do grupo terrorista no território Sírio.

 
Até o momento, entretanto, só é confirmado o uso de aeronaves SU-34, SU-30 e SU-25 que já foram fotografadas por satélites norte-americanos na Base Latakia. O apoio dado por Putin será mesmo somente aéreo, como informou o chefe da Administração Presidencial da Rússia Sergei Ivanov:
 
“Somente falamos de operações da Força Aérea russa, segundo já disse o nosso presidente, o uso das Forças Armadas no teatro terrestre de operações militares está excluído. O objetivo militar dessa operação é exclusivamente o apoio aéreo para as forças governamentais da Síria na sua luta contra o Estado Islâmico.”


Essa é a primeira ação importante da Rússia contra Estado Islâmico (anteriormente conhecido como ISIS ) desde que em setembro de 2014 o grupo lançou um vídeo ameaçando o presidente, Vladimir Putin. No vídeo os terroristas aparecem dentro de uma aeronave MIG-21 das Força Aérea Síria na Base Aérea de Taqba.
“Esta mensagem é para você, Vladimir Putin! Estes são os aviões que você enviou para Bashar [Assad], e vamos enviá-los contra você. Lembre-se disso!”, disse. “Vamos com o consentimento de Deus libertar a Chechênia e todo o Cáucaso se Alah quiser!” “O teu trono já foi abalado, ele está sob ameaça e vai cair com a nossa chegada [a Rússia ] … Nós já estamos a caminho com a permissão de Allah!”

Por Graan Barros

Você pode gostar...