ZENTECH DOS ESTADOS UNIDOS VAI REVITALIZAR CASCO DO NAE SÃO PAULO

 
O presidente do Zentech Ramesh Maini anunciou hoje (dia 03) que a empresa assinou um contrato para realizar uma inspeção completa e avaliação do aço do casco NAe São Paulo, como parte da atualização deste navio capitânia da Marinha do Brasil.
 
A Zentech irá realizar o trabalho, utilizando a metodologia patenteada de sua ZAIMSTM (Zentech’s Asset Integrity Management SolutionTM) para ajudar a Marinha do Brasil na avaliação do casco do navio. O trabalho inicial envolve a inspeção de corrosão, avaliação da condição e análise detalhada da integridade do casco, incluindo a criação de modelos 3D para mapear com precisão os resultados da aferição do casco da embarcação para o trabalho analítico mais detalhado, e em última análise, fornecendo recomendações sobre a substituição do aço. Além da etapa “Phase One”, a Zentech irá fornecer assistência contínua à Marinha através de um contrato de suporte de manutenção de cinco anos.
 
James Cook, diretor-gerente da Zentech no Rio de Janeiro, disse que o trabalho será realizado principalmente por mão de obra do Rio, usando outros escritórios da Zentech caso haja necessidade. A Zentech está atualmente realizando um trabalho semelhante para em uma série de plataformas de perfuração offshore para as principais empreiteiras de perfuração, e concluiu recentemente um trabalho semelhante em 63 plataformas de produção da PEMEX .
 
Zentech é uma empresa de engenharia naval com matriz em Houston e é especializada nas indústrias de petróleo e gás e energias renováveis ​​offshore. A Companhia tem um histórico de fornecimento de soluções inovadoras em engenharia  há 35 anos, e emprega uma equipe de profissionais que se aproxima de 200 espalhados em seis países.
 
A experiência da Zentech engloba design, engenharia, construção e gerenciamento de projetos para atualizações, modificações, transformações e novas construções para as seguintes categorias de produtos: posicionamento dinâmico de semi-submersíveis, perfuradores, unidades de perfuração jackup, barcaças, plataformas offshore fixas, sistemas flutuantes de produção, risers e gasodutos, bem como navios convencionais.
 
Fonte: Zentech Incorporated


Obs.: Se a Marinha do Brasil estivesse mesmo pensando em desativar o NAe São Paulo, assinaria um contrato de revitalização do casco?
Facebook Comments


Compartilhe
Close