google.com, pub-9763613062442243, DIRECT, f08c47fec0942fa0

INSTITUTO DE PESQUISAS DA MARINHA AVANÇA NO DESENVOLVIMENTO DO SONAR NACIONAL PASSIVO

 
Após o desenvolvimento do Sistema de Detecção, Acompanhamento e Classificação de Contatos (SDAC), que realiza o processamento dos sinais digitalizados provenientes dos sonares passivos CSU-83, já em operação a bordo de todos os submarinos da Marinha do Brasil, o Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM) está avançando sobre o desenvolvimento da “parte molhada” do sistema, que engloba a aquisição dos sinais analógicos provenientes dos staves (coluna vertical de 3 hidrofones), condicionamento do sinal, digitalização, pré-processamento, formação de feixes direcionais e formatação para compatibilização com o SDAC.
 
O IPqM continua realizando em todo mês de maio alguns experimentos em ambiente marinho com um arranjo cilíndrico de hidrofones (CHA) montado pelo Instituto e composto de 32 staves, com cerca de 1m de diâmetro. O experimento consiste num passo firme na direção do desenvolvimento de um sistema sonar passivo totalmente nacional, com funcionalidades específicas desenvolvidas para atender às demandas da Força de Submarinos.
 
Fonte: IPqM
Facebook Comments


Compartilhe
Close