EMGEPRON APRESENTA ARTE DA FUTURA CORVETA TAMANDARÉ NA LAAD 2015

A arte da Marinha consiste apenas na imagem da corveta. As informações foram pesquisadas pelo Blog.

Fruto do excelente desempenho da Corveta “Barroso” na avaliação operacional e sua participação bem sucedida em missões no País e exterior, serão construídos quatro navios de uma nova classe denominada “Tamandaré”, que será uma versão aperfeiçoada e mais evoluída do projeto da Corveta “Barroso”. Os navios serão produzidos com um alto grau de nacionalização de seus sistemas, contribuindo para o desenvolvimento da base industrial de defesa.

Esses navios versáteis, sofisticados, de elevado poder combatente e capazes de se contrapor a múltiplas ameaças serão dotados de tecnologia moderna e avançada, como a implantação de redares 3D.
O Programa promoverá o crescimento da Indústria Nacional de Defesa, por meio do desenvolvimento de produtos militares para emprego nesses navios, com o envolvimento de universidades brasileiras, empresas e outras instituições nacionais de pesquisa, ciência e tecnologia.
Fonte: Marinha do Brasil
Podemos observar nessa arte mais atualizada a nova posição, na proa da corveta, dos lançadores VLS, que segundo especulações das mídias especializadas ficaria na estreita aérea localizada atrás da chaminé e próxima ao canhão antiaéreo.
Graan Barros
Facebook Comments


Compartilhe
Close