AVIBRÁS REALIZARÁ INSPEÇÕES NOS MÍSSEIS PYTHON 3 DA FAB


Como diz o contrato, parece se tratar apenas de inspeções radiográficas com o objetivo de conferir a validade dos mísseis. Ou seja, será emitido um laudo ao fim dos testes, que certificará se os trinta Python 3 que equipam os F-5M da FAB estão em perfeita condição de uso.
O Python 3 é de fabricação da israelense, Rafael e criado para enfrentar ameaças em uma arena WVR -Within Visual Range (Curto alcance), podendo atingir alvos a uma distância máxima de 15 Km. Como todos os mísseis dessa categoria possui guiagem por IR (infravermelho).
Em 2012 a Marinha do Brasil requisitou a Avibrás esse mesmo tipo de procedimento nos 35 mísseis Sea Wolf que provêem a Defesa Antiaérea de Ponto das Fragatas da Classe Greenhalgh. Mais recentemente a Avibrás realizou outro tipo de trabalho para a mesma, remotorizou os Exocet MM40.

GLOSSÁRIO:



Defesa Antiaérea de Ponto – A defesa antiaérea e dividida em camadas, desde a mais interna que é chamada de “Ponto” até a mais distante que é a “Estendida”.

Graan Barros
O Aditivo na íntegra:
DE TERMO ADITIVO Nº 1/2014 UASG 120195

Número do Contrato: 26/2013.
Nº Processo: 67106000655201301.

TOMADA DE PREÇOS Nº 4/2013. Contratante: COMANDO DA AERONAUTICA -CNPJ Contratado: 00435091000198. Contratado: AVIBRAS DIVISAO AEREA E NAVAL S/A-Objeto: Prestação de inspeções e ensaios em 30 (trinta) motores foguetes do míssil PYTHON3. Fundamento Legal: Lei 8.666/93 . Vigência: 25/03/2014 a 25/07/2014. Data de Assinatura: 25/03/2014.
Facebook Comments


Compartilhe
Close