google.com, pub-9763613062442243, DIRECT, f08c47fec0942fa0

EXÉRCITO REALIZA SIMULAÇÃO COM O NOVO SOFTWARE DE C2, COMBATER

 
O COTER realizou um exercício para verificar o processo de adaptação do Sistema de Simulação COMBATER, novo simulador construtivo adquirido e que, durante o ano de 2013, esteve incorporando a doutrina militar terrestre em sua base de dados.
 
O sistema COMBATER foi licitado no início do ano de 2013, sendo de origem francesa e é empregado pelo Exército Francês e por outros países do mundo. O processo de aquisição durou cerca de dois anos, com a busca de um sistema que atendesse à demanda da Força Terrestre e incorporasse modernas tecnologias. A seguir, foi realizado um intenso trabalho de levantamento de requisitos e processo de licitação.
 
O novo sistema incorpora capacidades como inteligência artificial para o nível subunidade, permite o adestramento em operações de combate urbano, ações de apoio a defesa civil e contra-insurgência, entre outras capacidades, as quais auxiliarão no adestramento da Força Terrestre em cenários de operações interagências e de garantia da lei e da ordem, além do ambiente de combate convencional em amplo espectro.
 
O exercício ocorreu com o apoio da 3ª DE, no Centro de Adestramento e Simulação de Postos de Comando (CAS-PC) em Santa Maria – RS e contou com a participação da 6ª Brigada de Infantaria Blindada, 8ª Brigada de Infantaria Motorizada e a 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, realizando operações de Marcha para o Combate, Ataque Coordenado e de Movimento Retrógrado, respectivamente.
 
Cada exercício teve a duração de duas jornadas e meia, permitindo a verificação do processo de adaptação do sistema COMBATER e a coleta de observações para a melhoria e correção do sistema. No último dia de cada exercício, os comandantes de Brigada e de Unidade acompanharam o uso do sistema, o que contribuiu para a melhoria e correção do processo de customização.
 
No ano de 2014, estão programados: um exercício de validação no nível Divisão de Exército, três exercícios de jogos de guerra para Brigadas e outros dois a serem realizados com Comandos de Divisão de Exército já empregando o Sistema COMBATER.
 
O uso do sistema de C2 em combate, em sua versão embarcada, integrado ao sistema de simulação permitiu aos comandantes acompanharem o andamento do exercício com grande consciência situacional.
 
Fonte: Coter
Foto: autor não informado
Facebook Comments


Compartilhe
Close