CTEx entrega primeiras unidades do COAAe

 

 
O Centro Tecnológico do Exército, CTEx entregou, em 7 de fevereiro de 2013, as primeiras unidades do Centro de Operações de Artilharia Antiaérea Eletrônico de Seção, COAAe. Das oito em fase de acabamento, foram entregues três unidades: uma para a Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea, EsACosAAe, e duas para 1º Grupo de Artilharia Antiaérea, 1ºGAAAe.
Concebido sobre a Vtr ¾ ton Agrale Marruá, o COAAe automatizado trabalha em conjunto com o Radar SABER M60, também desenvolvido pelo CTEx em parceria com a Orbisat, e propicia, por meios eletrônicos, acompanhar, continuamente, a evolução da situação aérea de modo a controlar e coordenar o emprego dos Sistemas de Armas Míssil Baixa Altura.* O Centro funciona como uma unidade de controle plenamente integrado às unidades de tiro recebendo os dados obtidos pelo radar e indicando a melhor conduta a ser tomada contra as possíveis ameaças.

*Integração do COOAe com o Radar SABER-M60 e Míssil IGLA
 
O Protótipo do COAAe foi usado com sucesso na Conferência Rio +20 realizada no Rio de Janeiro em 2012. Seus próximos desafios são monitorar o espaço aéreo brasileiro durante a Copa das Confederações em junho deste ano, a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.
O Centro de Operações de Artilharia Antiaérea Eletrônico de Seção constitui a última etapa do Projeto Radar de Defesa Antiaérea de Baixa Altitude, SABER M60 que já está sendo produzido em escala industrial.
Fonte: CTEx
COAAe na RIO+20
 
 
EDITOR:


As 3 unidades do COAAe chegam ao Exército Brasileiro ao mesmo tempo que o governo brasileiro e Russo assinam cartas de intenções para aquisição de novas baterias do Míssil de curto alcance IGLA-S e de três baterias de médio alcance PANTISIR.
 
 
Facebook Comments


Compartilhe