VIETNÃ PODERÁ SER O PRIMEIRO CLIENTE DO CAÇA DE 5ª GERAÇÃO RUSSO SU-57

MOSCOU, Rússia – A intenção do Vietnã de comprar 12 caças russos de quinta geração do Su-57 levou especialistas a analisar o potencial militar dos países asiáticos e concluir que os novíssimos caças russos seriam capazes de fazer da Força Aérea Vietnamita uma das mais fortes do Sudeste da Ásia, escreve o Military Watch.

“Como o Vietnã carece de AWACS, como o A-50, os avançados sensores do Su-57 forneceriam um nível sem precedentes de reconhecimento situacional, enquanto o alcance e a alta altitude do Su-57 seriam excelentes para patrulhar o disputado Mar do Sul da China, uma região onde a presença militar da China cresceu consideravelmente ”, segundo a revista.

O caça Su-57, armado com mísseis R-37 ar-ar de longo alcance capazes de atingir 400 km, desafiaria seriamente a superioridade aérea chinesa. Além disso, o grande potencial de ataque do Su-57 abriria portas para equipá-lo com mísseis balísticos hipersônicos X-47M2 da Kinzhal. Os novos mísseis Kinzhal são muito mais eficientes que os antigos mísseis vietnamitas Scud.



Míssil hipersônico Kinzhal sendo lançado por um MIG-31

Para ter uma noção, o novo míssil voa 10 vezes mais rápido que a velocidade do som, e a alta capacidade de manobra e precisão fazem com que seja “muito mortal como uma plataforma de ataque tático” e virtualmente invulnerável à interceptação de defesa antimíssil.

Mísseis hipersônicos podem atingir não apenas alvos militares terrestres, mas também navios inimigos, incluindo aqueles capazes de desabilitar até mesmo os maiores porta-aviões com um ataque.

Segundo especialistas, a aquisição de caças russos Su-57 pelo Vietnã pode ser causada pela intenção de Cingapura de substituir os antigos caças F-16 por novos aviões F-35A.

Dois diferentes aviões Su-57 aparecem: um escuro pixelizado e o outro mais claro. Segundo Episkopos, isso pode significar que a Rússia ainda não escolheu a opção mais conveniente, acrescentando que há várias maneiras pelas quais a camuflagem pode afetar o desempenho aéreo.

Segundo a Episkopos, a camuflagem do Su-57 é fundamental para atrair investidores e parceiros, particularmente a Índia, que congelaram a participação no projeto. Além disso, a impressionante camuflagem contribui para o reconhecimento do produto.

O caça multifuncional de quinta geração Su-57, antes conhecido como T-50 PAK FA, fez seu primeiro voo em 2010.

O caça Su-57 é destinado à destruição de todos os tipos de alvos aéreos, terrestres e aéreos. Devido à sua alta capacidade de manobra e velocidade supersônica, a aeronave possui um alto nível de eficiência e supremacia sobre o adversário.

SU-57 foto de Vladimir Sergeyev

 

 

Fonte: Fort Russ

Facebook Comments


Compartilhe