IRÃ REAFIRMA CONTRATO COM AIRBUS

  • Farzaneh Sharafbafi [presidente e diretora executiva da Iran Air]

TEERÃ (Tasnim) – A CEO da Iran Air salientou que o país vai pressionar pela entrega dos aviões de passageiros que comprou da Airbus.

Em uma conferência de imprensa na segunda-feira, Farzaneh Sharafbafi [presidente e diretora executiva da Iran Air] sublinhou que a Iran Air não recuou de nenhum dos contratos de compra de aviões da Airbus.

Denunciando a “injustiça” dos Estados Unidos de colocar a Iran Air na lista negra e dificultar a cooperação internacional com o Irã, ela disse que o Irã usou vários métodos para manter os serviços de voo para a Europa, apesar das sanções dos EUA.



CRISTÃOS IRANIANOS COMEMORAM A PÁSCOA

UNIÃO EUROPEIA DESAFIA TRUMP APÓS O RETORNO DAS SANÇÕES CONTRA O IRÃ

COMUNIDADE JUDAICA DO IRÃ PARTICIPA DE VOTAÇÃO PARA PARLAMENTO

ÁFRICA DO SUL APOIA UMA POSSÍVEL ADESÃO DO IRÃ AO BRICS

IRÃ INAUGURA CENTRO ESPACIAL COM LANÇAMENTO DE SATÉLITE


Sharafbafi disse que a Iran Air poderia receber 5 turbopropulsores da ATR depois que o Departamento de Tesouro dos EUA estendeu uma permissão para cooperação com o Irã, e pediu à União Européia que obtenha uma permissão similar da OFAC. para permitir a entrega de aviões da Airbus para o Irã.

Ela acrescentou que o Irã recebeu um total de 16 aviões de passageiros desde que o acordo nuclear de 2015 entrou em vigor, incluindo três da Airbus e 13 do fabricante de franco-italiano ATR.

A decisão dos EUA de se retirar do acordo nuclear de 2015 com Teerã, conhecido como Plano de Ação Integral Conjunto (JCPOA), e restabelecer sanções resultou no colapso de cerca de US$ 38 bilhões em negócios entre Teerã e empresas ocidentais, com a Airbus sofrendo maiores danos do que a rival norte-americana Boeing.

Durante uma visita de janeiro de 2016 a Paris do presidente iraniano, Hassan Rouhani, Teerã assinou um importante contrato com a Airbus, no valor de US $ 27 bilhões, para comprar 118 aviões.

Mais tarde, em junho daquele ano, o Irã selou outro acordo no valor de cerca de US $ 25 bilhões com a Boeing, a aeroespacial americana, para a compra de 100 aviões de passageiros.

Em dezembro de 2016, o acordo com a Boeing foi finalizado, permitindo que o Irã comprasse 80 aviões em 10 anos.

Fonte: Tasnim

17/12/2018

Facebook Comments


Compartilhe