DIPLOMACIA DE ALUNO DE “ENSINO MÉDIO” VAI SAIR PELA CULATRA E ISOLAR EUA, AFIRMA RON PAUL

  • Merkel - Do you want to have a hand shake

As habilidades de estadista de Donald Trump podem deixar os EUA isolados no cenário global, disse o ex-congressista Ron Paul ao RT, observando como o chefe de estado americano marcou sua aparição no G20 com acessos de fúria.

Uma abordagem tão amadora da diplomacia, onde “ameaças” ainda estão envolvidas, mesmo quando o líder dos EUA aparentemente faz um esforço “para corrigir a política”, está prejudicando os interesses dos EUA, disse o ex-congressista do Texas à RT. Antes da chegada de Trump em Buenos Aires, o republicano cancelou abruptamente o tão esperado encontro com o líder russo Vladimir Putin, citando a crise ucraniana como sua razão, por mais improvável que fosse.

“Isso soa como coisas de alunos do ensino médio. “Eu não vou mais falar com você”, disse Paul. “Eu acho que a diplomacia é péssima … a maneira como ele fala e a agressividade, ‘eu farei isso, ou vou te dar isso, ou vou colocar sanções em você’”.



EX-SENADOR AMERICANO RON PAUL VOLTA A CRITICAR A INGERÊNCIA AMERICANA NA SÍRIA

UNIÃO EUROPEIA TENTA ENCONTRAR MECANISMO PARA MANTER COMÉRCIO COM O IRÃ

PUTIN E MERKEL CONVERSAM SOBRE RELAÇÕES MÚTUAS E SOBRE A SÍRIA

RAZÕES PARA ATAQUE SÃO BASEADAS EM MENTIRAS E PROPAGANDA, AFIRMA EX-CONGRESSISTA DA DIREITA AMERICANA

Enquanto Trump não apertou as mãos de Putin no G20, eles ainda se cumprimentaram e, como disse o líder dos EUA, terão uma reunião apropriada “no momento apropriado”. No entanto, Paul acredita que Trump pode estar tentando evitar “Posição desconfortável” no momento em que ele está sendo pressionado por legisladores americanos para agir contra a Rússia.

“A pressão política diz que ele tem que ir junto com a OTAN e os europeus e o sentimento aqui neste país”, disse Paul. “Há um sentimento forte a qualquer momento que eles podem encontrar algo que eles podem interpretar como sendo negativo em relação à Rússia.”

No geral, a postura de Trump ao lidar com líderes mundiais pode deixar os Estados Unidos isolados, especialmente quando se trata da China e da solução da disputa comercial em curso, acredita Paul. Embora concordando em encontrar o premier chinês Xi Jinping à margem do G20, Trump abordou as negociações a partir de uma posição de força, ameaçando bater a China com mais US $ 267 bilhões em tarifas, caso Pequim não atenda às exigências dos EUA.

“Você não pode corrigir problemas econômicos por meio de tarifas”, enfatizou Paul. “E jogamos nosso peso ao redor e acho que isso seria contraproducente e nós poderíamos nos tornar a nação que ficou isolada porque não conquistamos amigos ao longo dos anos. E nós tendemos a agravar as pessoas.

O isolamento será doloroso para nós, porque algum dia haverá um desafio para o dólar e isso seria um grande problema para os Estados Unidos.

Fonte: RT

Facebook Comments


Compartilhe