TRIPULANTES DA AERONAVE P-3 PARTICIPAM DE ATIVIDADE COM MILITARES ESPANHÓIS

  • Intercâmbio do Esquadrão Orungan com militares da Espanha
    Intercâmbio do Esquadrão Orungan com militares da Espanha
Objetivo foi promover maior cooperação e troca de conhecimento

O Esquadrão Orungan (1º/7º GAV), sediado na Ala 12, no Rio de Janeiro (RJ), realizou um intercâmbio de tripulantes da aeronave Lockheed P-3 Orion com militares da Força Aérea da Espanha, entre os dias 24 e 27 de setembro. O intercâmbio foi acordado através da IV Reunião da Comissão Mista Brasil-Espanha (COMISTA) e realizado sob a coordenação do Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Aviador Erivando Pereira Souza. O objetivo foi promover maior cooperação e a transmissão de conhecimentos sobre as missões e a operacionalidade da aeronave P-3.

Durante a atividade, foram realizadas palestras no auditório do esquadrão e visitas ao Mission Trainer – Tactical Aircrew Trainer(MT-TAT), Treinador Tático de Missão, para simulações de patrulha marítima.

Para o Chefe da Célula de Guerra Eletrônica do 1°/7° GAV, Capitão Aviador Thiago de Oliveira Pinheiro, a oportunidade de realizar o intercâmbio com os companheiros espanhóis foi de grande valia. “A experiência possibilitou demonstrar as evoluções das operações com a aeronave P-3 ao longo dos anos e favoreceu a troca de conhecimentos com os militares da nação amiga que participam, constantemente, de missões reais na África, combatendo a pirataria, entre outras atividades ilícitas ao redor do mundo, por exemplo”, destacou.

Os tripulantes da Força Aérea da Espanha também ficaram satisfeitos com a iniciativa. “A visita foi magnífica, uma experiência muito boa. A hospitalidade dos nossos companheiros de P-3 tem feito com que a gente se sinta em casa. Esperamos devolver esta visita em Moron o quanto antes”, ressaltou o Tenente-Coronel Francisco José Calleja Pinilla, do Grupo 22 da Força Aérea da Espanha.

O 1º/7º GAV tem por missão manter o preparo técnico-profissional necessário a fim de permitir o cumprimento das missões de antissubmarino, patrulha marítima, cobertura, tarefa de interdição do campo de batalha, controle aéreo avançado, posto de comunicações no ar, busca e resgate e tarefa de sustentação ao combate.

Fonte: Ala 12, por Sargento Camila Macedo
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Carlos Balbino – Revisão: Capitão Landenberger
Fotos: Sargento Neubar
Facebook Comments
Compartilhe