UFO PERSEGUIU NAVIO E CAÇAS DA MARINHA DOS EUA POR DIAS, AFIRMA RELATÓRIO

  • ufo

Um UFO supersônico em forma de “tic-tac” perseguiu um porta-aviões dos EUA por dias antes de desaparecer no ar, afirma relatório do Pentágono.

O objeto – que poderia pairar no ar e se tornar invisível, enganou os pilotos de caça da Marinha dos EUA durante um exercício  no Oceano Pacífico.

 O objeto foi brevemente capturado pela câmera



O objeto foi brevemente capturado pela câmera

O relatório vazado e obtido pela estação de TV KLAS de Las Vegas, conta como o USS Princeton, um cruzador de mísseis guiados da classe Ticonderoga detectou múltiplos contatos de radar definindo-os como Anomalous Aerial Vehicle (AAV).

Em novembro de 2004, o radar multifuncional do ultra-avançado NA capturou o objeto pairando a 60.000 pés antes de mergulhar no oceano em questão de segundos. Em seguida, ele disparou tão rapidamente que os membros da tripulação pensaram que era um míssil balístico.

Ele apareceu novamente dois dias depois, e dois caças F-18 de alta tecnologia foram enviados para interceptá-lo, mas os pilotos relataram que o objeto havia se tornado invisível.

 Um dos pilotos de caça acreditava que poderia se tornar invisível

Um dos pilotos de caça acreditava que poderia se tornar invisível

Ele ainda pode ser detectado, pois estava provocando uma perturbação circular na água “de cerca de 50 a 100 metros de diâmetro”.

O objeto foi descrito como “branco, sólido, liso e sem bordas, uniformemente colorido, sem suportes para motores, pilares ou asas”, e parecia “um ovo alongado ou Tic Tac”, de acordo com um dos pilotos.

Quando os dois pilotos retornaram ao navio, os tripulantes colocaram chapéus de folha-de-flandres para cumprimentá-los e fizeram perguntas sobre seu “voo UFO”.

 Foi descoberto pela primeira vez pelo temível navio de guerra USS Princeton

MARINHA DOS ESTADOS UNIDOS
Foi descoberto pela primeira vez pelo temível navio de guerra USS Princeton

 Um avião de vigilância E-2C Hawkeye poderia detectá-lo, mas foi incapaz de obter um lock-on

AP: ASSOCIATED PRESS
Um avião de vigilância E-2C Hawkeye poderia detectá-lo, mas foi incapaz de obter um lock-on.Fonte: The sun

Facebook Comments


Compartilhe