KREMLIM DÁ SINAL VERDE A ISRAEL ATACAR A SÍRIA…

  • O ministro da Defesa, Avigdor Liberman, encontra-se com seu colega russo, Sergey Shoygu, em Moscou, em 31 de maio de 2018. (Ariel Hermoni, Ministério da Defesa)

O Kremlin deu seu consentimento para Israel atacar a Síria, desde que deixe intactos os bens de Assad, informou Israel Hayom , citando um jornal em língua árabe.

O Kremlin deu a Israel luz verde para lançar ataques na Síria sob a condição de que os ativos do presidente sírio Bashar Assad não sejam alvos, informou o jornal de língua árabe Asharq Al-Awsat , com sede em Londres, na sexta feira, segundo Israel Hayom .

De acordo com o relatório, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, assegurou ao ministro da Defesa de Israel, Avigdor Liberman, durante sua reunião em Moscou na quinta-feira sobre a aprovação da Rússia aos ataques israelenses, disse o relatório.



Após a reunião com Shoigu, Liberman disse em sua conta no Twitter que “Israel aprecia a compreensão da Rússia sobre nossas necessidades de segurança e, em particular, a situação em nossa fronteira norte.

“O diálogo com a Rússia continuará”, acrescentou Liberman.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse na quarta-feira que as milícias estrangeiras devem deixar o sudoeste da Síria o mais rápido possível, informou a mídia estatal TASS.

Lavrov ecoou os comentários que fez no início da semana quando disse que apenas as tropas sírias deveriam estar estacionadas na província de Daraa, uma região adjacente à fronteira israelense que surgiu como um ponto crítico em um impasse mais amplo entre o Estado judeu e o Irã.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu alertou que seu governo não permitirá que o Irã mantenha uma presença militar em nenhum lugar dentro da Síria.

O gabinete do primeiro-ministro divulgou um comunicado na quinta-feira, dizendo que Netanyahu e Putin conversaram por telefone e discutiram “os últimos desenvolvimentos regionais e a presença do Irã na Síria”.

Por: World Israel News Staff

Facebook Comments


Compartilhe