EUA VETAM RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU DENUNCIANDO VIOLÊNCIA CONTRA PALESTINOS

  • O embaixador dos EUA na ONU Nikki Haley veta uma resoluçãoenquanto o embaixador boliviano Sacha Llorenty vota a favor de uma resolução apoiada por árabes pela proteção de civis palestinos

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) – Os Estados Unidos vetaram nesta sexta-feira uma resolução do Conselho de Segurança da ONU que condenou o uso da força de Israel contra civis palestinos, criticando-a como uma “visão unilateral” que não culpou o Hamas pela recente onda de violência.

“O grupo terrorista Hamas é o principal responsável pelas péssimas condições de vida em Gaza”, disse Nikki Haley, embaixador dos EUA na ONU, antes da votação.

Dos 15 membros do conselho, 10 votaram a favor, incluindo a França, e apenas os Estados Unidos votaram contra. Houve quatro abstenções, incluindo a Grã-Bretanha.



Uma resolução precisa de nove votos a favor e nenhum veto pelos Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia ou China será adotado.

Tanto o Hamas, grupo dominante em Gaza, quanto a Jihad Islâmica pró-Irã disseram que suas recentes ações, incluindo o bombardeio do território israelense, são em resposta à morte de pelo menos 116 palestinos de Israel desde 30 de março nos protestos nas fronteiras de Gaza.

(Reportagem de Rodrigo Campos; Edição de Susan Thomas)

Facebook Comments


Compartilhe