TURQUIA DIZ QUE RETALIARÁ SE EUA SUSPENDEREM VENDA DE ARMAS

  • Ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, gesticula durante coletiva de imprensa em Ankara Thomson Reuters

ANCARA (Reuters) – A Turquia vai retaliar se os EUA suspenderem as vendas de armas ao país, disse neste domingo o ministro das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu.

Em uma entrevista à emissora CNN Turk, Cavusoglu disse que uma proposta dos legisladores da Câmara dos Representantes para interromper temporariamente a venda de armas, incluindo os aviões F-35, para a Turquia era errada, ilógica e inadequada para a aliança entre os aliados da OTAN.

Legisladores norte-americanos divulgaram detalhes na sexta-feira de um projeto anual de política de defesa no valor de US $ 717 bilhões, incluindo esforços para competir com a Rússia e a China e a medida sobre a venda de armas para a Turquia.



(Reportagem de Tuvan Gumrukcu; Edição de Adrian Croft)

Facebook Comments


Compartilhe