SAAB DIVULGA SUA PLANTA DE INFRAESTRUTURAS GRIPEN NO BRASIL

  • gripen planta no Brasil

A Saab inaugura uma instalação de 5.000 metros quadrados para sua futura fábrica de aeroestruturas para jatos de combate Gripen: a Saab Aeronáutica Montagens (SAM), na cidade de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, Brasil. Esse é outro passo importante no Programa Gripen no Brasil.

A Saab Aeronáutica Montagens (SAM) produzirá aeroestruturas para o caça brasileiro Gripen e se prepara para fazer parte da cadeia de suprimentos global da Saab.

“Estamos transferindo conhecimento e capacidade de produção de aeroestruturas complexas para o Brasil, em conformidade com nosso contrato de compensação . A usina está planejada para fazer parte da cadeia de fornecimento global da Saab para os mercados de aviação civil e de defesa”, explica Mikael Franzén, chefe de negócios. Unidade Gripen Brasil, Saab Aeronáutica.



A SAM será responsável pela produção de seis peças estruturais complexas para o Gripen adquiridas pela Força Aérea Brasileira (FAB), como o cone de cauda, ​​freios aerodinâmicos, caixa de asas, fuselagem dianteira para as versões de assento único e de dois lugares e fuselagem traseira para a versão de um único assento da aeronave.

“Este é o início da instalação da planta. Estamos criando o escritório, contratação de pessoal e fornecedores. Em 2020 toda a estrutura da planta estará pronto para começar a fabricar componentes do Gripen”, explica Marcelo Lima, diretor-geral da SAM.

Quando as operações começarem no SAM em 2020, será com 55 funcionários. Esse número vai até 2024 aumentar para 200. Entre eles, engenheiros e técnicos, que até então serão treinados em Linköping, na Suécia, por até 24 meses.

“Os novos empregos na fábrica serão para pessoas altamente qualificadas para trabalhar em estruturas de fuselagem complexas, metálicas e compostas, impulsionando nosso programa de transferência de tecnologia. Ao final deste projeto, teremos mais de 84.000 horas de treinamento para SAM funcionários sozinhos “, diz Marcelo Lima.

 

Parceria com a Akaer

A Saab AB será a acionista majoritária da SAM com 90% e a empresa de engenharia brasileira Akaer será acionista minoritária, com 10%. Ao mesmo tempo, a Saab aumenta sua participação na Akaer para 28% em um contrato de troca de ações.

“A parceria com a Akaer começou antes mesmo de a Saab ser escolhida pela FAB. O trabalho começou com o desenvolvimento de peças estruturais e engenharia, e agora também atua na área de fabricação. Desde 2009, a Akaer trabalha há mais de meio milhão de horas no Programa Gripen “, diz Mikael Franzén.

“A participação acionária da Akaer na SAM fortalece nossa parceria duradoura com a Saab e está de acordo com a estratégia de expansão, diversificação e internacionalização de nossos negócios”, afirmou Cesar Augusto Teixeira Andrade e Silva, presidente e CEO da Akaer.

Nestes 32 meses do Programa Gripen no Brasil, a Saab, juntamente com seus parceiros industriais e a FAB, contribuiu para o desenvolvimento da indústria de defesa no Brasil e ajudou a criar novos empregos qualificados, incluindo a região de São Bernardo do Campo, que também se beneficiará e aumentará a receita.

Fonte: SAAB

Facebook Comments


Compartilhe