VÍDEO: MÍSSIL PATRIOT CAI EM ÁREA RESIDENCIAL DE RIAD DURANTE INTERCEPTAÇÃO DE MÍSSIL HOUTHI

  • patriot x burkan

Hoje, os rebeldes Houthis que lutam contra a Arábia Saudita lançaram mais um míssil balístico Burkan 2-H contra o aeroporto de Riad. Na tentativa de interceptação, foi lançada uma salva de mísseis MIM-104C do Sistema Patriot, mas dois deles falharam, sendo que um caiu em uma área residencial perto do aeroporto.

Segundo o site South Front, houve outros ataques como mísseis diferentes nas províncias de Asir, Jizan e Najran. No entanto, fontes sauditas informaram que outros tipos de mísseis de defesa antiaérea foram lançados nessas províncias.

 

Críticas ao Sistema Patriot

 

Em 4 de novembro de 2017, o sistema foi o responsável por interceptar, também em Riad, um míssil balístico lançado pelos rebeldes iemenitas.

 

O Jornal americano New York Times, entretanto, com base na análise de vídeos e fotos, considerou que o míssil rompeu a defesa aérea e explodiu perto do aeroporto de Riad. Ainda segundo o jornal, as evidências analisadas por uma equipe de pesquisadores de especialistas em mísseis parecem mostrar que a ogiva do míssil voou desimpedida sobre as defesas sauditas e quase atingiu seu alvo, o aeroporto de Riyadh. A ogiva detonou tão perto do terminal doméstico que os clientes saltaram de seus assentos.

 

Durante a Guerra do Golfo, o Pentágono declarou a quase total destruição dos mísseis iraquianos R-17 de produção soviética lançados contra alvos jordanianos e israelenses, mas estudos subsequentes revelaram que quase todas as tentativas de intercepção desses mísseis tinham sidos fracassadas.

Também há críticas a quantidades de mísseis necessária para uma interceptação. Já foram feitas salvas com até 6 mísseis para abater um único míssil míssil balístico, que na maioria das vezes é um Scud modificado. O Burkan-2H é mais moderno e sua ogiva se separa do corpo dificultando a interceptação.

 

Facebook Comments
Compartilhe