ERRO DOS PILOTOS FOI A CAUSA DO F-16 ISRAELENSE TER SIDO ABATIDO

A queda de um F-16 israelense há duas semanas foi o resultado de um erro humano, revelou uma investigação  das Forças de Defesa de Israel (IDF).

Segundo o IDF o exército israelense diz que um “erro profissional” pela tripulação do F-16 permitiu que o caça da força aérea fosse atingido e caísse durante um ataque contra um alvo na Síria no início deste mês.

Anunciando os resultados de uma investigação, os militares disseram no domingo que a equipe não seguiu o “procedimento padrão enquanto estava sob fogo inimigo”. Depois que a aeronave foi traqueada a tripulação não ativou as contra-medidas eletrônicas.



O incidente ocorreu em 10 de fevereiro depois que um suposto drone iraniano infiltrou-se no espaço aéreo israelense a partir da Síria. Israel derrubou o drone e depois atacou o que disse ser um centro de comando iraniano. Aviões israelenses entraram sob fogo antiaéreo, e um foi atingido. Israel respondeu destruindo posições anti-aéreas sírias.

A tripulação do caça israelense ejetou da aeronave e pousou em território israelense. Dois pilotos ficaram feridos, um severamente, mas ele está de recuperando.

 

Facebook Comments


Compartilhe