VEJA ALGUMAS TRANSCRIÇÕES DO PRONUNCIAMENTO DE TRUMP SOBRE A MUDANÇA DA EMBAIXADA DOS EUA PARA JERUSALÉM

  • TRUMP DISCURSO JERUSALÉM
  • netanyahu

O pronunciamento de Trump foi curto, durou uns 9 minutos. Primeiramente, ele explicou que a transferência da embaixada americana da capital comercial TelAviv para Jerusalém não começou na sua administração, mas 1995 numa decisão do Congresso dos EUA e que foi aprovada com ampla “maioria bipartidária esmagadora”, ou seja, com votos de Republicanos e Democratas.

A decisão, segundo ele, foi protelada por mais de 20 anos, “Mas hoje, finalmente, reconhecemos o óbvio que Jerusalém é a capital de Israel”. Logo em seguida afirmou que ordenou o início dos preparativos  para transferir a embaixada americana para Jerusalém.


O futuro da paz entre Palestinos e Israelenses



Trump afirmou que quando entrou na casa Branca tinha assumido que não repetiria, o que ele chamou de “mesmas falhas estratégicas do passado” e que os problemas e desafios receberiam uma nova abordagem.

“Queremos um acordo que seja um grande negócio para os israelenses e um grande negócio para os palestinos.

Não estamos a tomar posição sobre quaisquer questões de status final, incluindo os limites específicos da soberania israelita em Jerusalém para a resolução de fronteiras contestadas. Essas questões são feitas para as partes envolvidas.

Os Estados Unidos continuam profundamente empenhados em ajudar a facilitar um acordo de paz aceitável para ambos os lados.”

Aprovação do Israelenses

netanyahu

Em um discurso coordenado e também transmitido via internet o Premier israelense Benjamin Netanyahu qualificou a decisão do governo Trump de “Histórica” e “corajosa”

Por Graan Barros

Facebook Comments


Compartilhe