ESQUADRÃO PELICANO CELEBRA 60 ANOS COM HOMENAGENS A MILITARES

  • i1712516383558318
  • Durante a cerimônia foram realizadas diversas homenagens
Durante a cerimônia foram entregues os títulos de Homem-SAR, Destaque Operacional, Pelicano Honorário, Graduado e Praça Padrão

i1712516383558318O 2°/10° Grupo de Aviação (2°/10° GAV), conhecido como Esquadrão Pelicano, celebrou 60 anos de criação numa cerimônia militar realizada nessa segunda-feira (04/12), na Ala 5, em Campo Grande (MS). A solenidade foi presidida pelo Tenente-Brigadeiro do Ar William de Oliveira Barros, Ministro do Superior Tribunal Militar.

“Eu queria me congratular neste dia, com esta Ala 5, e dizer a todos os mais jovens e aos mais antigos que aqui estão para que preservem este espírito de operacionalidade, profissionalismo e tradição. Parabéns aos Pelicanos de hoje, de ontem e de sempre”, disse o oficial-general, em suas palavras.

Durante a cerimônia foram homenageados militares com os títulos de Homem-SAR, Destaque Operacional, Pelicano Honorário e Graduado e Praça Padrão.



“O Esquadrão nasceu com nome e caráter fortes para cumprir uma missão nobre, levando esperança nas suas asas e a certeza de que o impossível seria feito por uma vida. Acenderam, assim, a chama de algo que não se consegue definir, mas nos impulsiona e faz acreditar: é o Espírito SAR. Esse espírito é o que faz do nosso esquadrão diferente e viver a essência da frase “Por uma vida, a ordem é lutar””, ressaltou o Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Aviador Jorge Marcelo da Silva Martins.

A cerimônia foi finalizada com o desfile militar, que contou com a incorporação de ex-integrantes do 2°/10° GAV à tropa.

Histórico

O 2°/10° GAV é o Esquadrão da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pelas missões de Busca e Salvamento e, desde que foi criado, no dia seis de dezembro de 1957, tem Durante a cerimônia foram realizadas diversas homenagensrealizado inúmeras missões desse tipo. Recentemente, uma aeronave SC-105 mais moderna chegou à unidade a fim de ampliar sua capacidade operacional.

Fonte: Ala 5, por Tenente Camila Barbieri
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias
Facebook Comments


Compartilhe