MARINHA DE BRASIL RETIRA 2 DE SEUS 3 NAVIOS DA BUSCA PELO SUBMARINO ARGENTINO SAN JUAN

  • Ara San Juan foto. Armada argentina

A Marinha do Brasil retirou nesta terça-feira dois dos seus três navios designados para auxiliar nas buscas ao submarino argentino ARA San Juan, após a autorização dada pela Marinha argentina.

“O navio polar Almirante Maximiano, que está na região onde o submarino está sendo procurado desde 19 de novembro, retomará sua jornada em direção à estação antártica Comandante Ferraz, enquanto a fragata Rademaker retornará ao Brasil”, disse a Marinha do Brasil em um comunicado.

Não foram divulgadas informações adicionais sobre o motivo da retirada das duas embarcações das buscas.



Por outro lado, o navio de socorro submarino Felinto Perry permanece à disposição das autoridades argentinas, apoiando a operação para localização do submersível, que desapareceu no dia 15 deste mês.

Navio de Socorro Submarino KII Fellinto Perry

Uma publicação compartilhada por ESTRATÉGIA GLOBAL BLOG (@graanbarros) em

Além da mídia naval, o Brasil também mobilizou a Força Aérea, que participa das tarefas de busca com o avião SC-105 Amazonas e P-3AM Orion.

O submarino ARA San Juan desapareceu no dia 15 de novembro contra a costa patagônica da Argentina (sul), a 432 quilômetros de terra, com 44 tripulantes a bordo.

Fonte: Sputnik News

Facebook Comments


Compartilhe