ISRAEL APOIA PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ANTI-SÍRIA FEITA PELA ARÁBIA SAUDITA

  • onu israel e arábia saudita

Uma nova tendência diplomática? Israel co-patrocinou um projeto de resolução que a Arábia Saudita apresentou no UNHRC criticando “a grave deterioração do estado dos direitos humanos na Síria”.

Em um movimento sem precedentes, Israel co-patrocinou na terça-feira um projeto de resolução contra a Síria que foi apresentado pela Arábia Saudita no Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas (UNHRC).

A resolução, que também foi apoiada pelos EUA, França e Alemanha e passou com uma esmagadora maioria de 108 países votando a favor, 17 votando contra e 58 abstenções.



Embora Israel tenha anteriormente apoiado resoluções apresentadas pela Arábia Saudita na ONU, nunca assinou como co-patrocinador.

Em uma declaração feita antes da votação, o embaixador da Arábia Saudita na ONU, Abdallah Al-Mouallimi, criticou a “grave deterioração do estado dos direitos humanos na Síria “.

Quando a lista dos co-patrocinadores da resolução foi lida em voz alta, o enviado da ONU da Síria, Bashar al-Jaafari, zombou de Riyad pelo o envolvimento direto de Israel, afirmando que isso serviu como prova de uma aliança secreta israelense-saudita . O embaixador da Síria também acusou todos os co-patrocinadores da resolução de apoiar o terrorismo.

“O regime de Assad, com o apoio total do Irã, tem matado seu povo sem piedade e com crueldade incompreensível há anos”, respondeu o embaixador israelense na ONU Danny Danon. “Israel, que durante anos tem prestado ajuda humanitária aos civis sírios feridos por essas atrocidades, está junto com a comunidade internacional contra este regime assassino”.

O co-patrocínio de Israel da resolução saudita ocorreu uma semana depois que o Ministério das Relações Exteriores israelense instruiu seus enviados a lançar uma campanha diplomática global contra o Irã e o grupo terrorista libanês Hezbollah e em apoio da Arábia Saudita e seus aliados.

Fonte: United With Israel

Facebook Comments


Compartilhe