ARA SAN JUA: UNIDADE DE RESGATE DE EMERGÊNCIA DA MARINHA RUSSA SAI DE SÃO PETERSBURGO PARA A ARGENTINA

  • Yantar
  • Pantera Vitaliy Ankov Sputnik
  • Ilyushin Il-38SD Foto de Sergey Krivchikov

Os especialistas da Marinha russa deixaram São Petersburgo no avião de transporte militar AN-124 para a Argentina para ajudar a procurar o submarino San Juan.

A unidade é composta por um comandante e operadores para a embarcação de profundidade Pantera Plus, mergulhadores de resgate e um médico de mergulho.

Pantera Vitaliy Ankov Sputnik



Mais cedo, os contêineres com o Pantera Plus e equipamentos de mergulho foram entregues no aeroporto de Pulkovo da cidade de Lomonosov.

O líder da unidade é o Capitão Sergey Bashmakov, Chefe do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Salvamento e Tecnologias Subaquáticas.

Todos os especialistas russos têm experiência a longo prazo de operações de busca e resgate. Os mergulhadores de salvamento, bem como os operadores das embarcações de profundidade Pantera Plus, dominaram suas habilidades em diversos exercícios e treinamentos.

Para referência:

Em 23 de novembro, em nome do presidente russo, o ministro da Defesa da Federação Russa, o general do exército Sergei Shoigu, manteve conversa telefônica com sua homóloga argentina.

De acordo com os resultados das negociações, o chefe do departamento de defesa russo tomou a decisão de enviar especialistas da 328ª unidade de busca e salvamento da Marinha russa para prestar assistência a busca do submarino argentino San Juan.

Dentro do menor tempo possível, as aeronaves de transporte devem entregar os especialistas com as embarcações de profundidade Pantera Plus para realizar trabalhos de busca.

Além disso, o navio de pesquisa do oceano da Marinha russa Yantar foi enviado para a região. Atualmente, o navio está realizando trabalhos programados perto das margens da África Ocidental.

Yantar

Fonte: MD da Rússia

Facebook Comments


Compartilhe