MORRE “SNIPER” IRAQUIANO QUE ELIMINOU MAIS DE 300 TERRORISTAS

  • Abu Tahsin al-Salhi

O famoso sniper iraquiano, Abu Tahsin al-Salhi, também conhecido como “O olho do falcão”, responsável por eliminar, segundo ele mesmo, mais de 300 terroristas do Daesh (Estado Islâmico) foi morto em combate no dia 29 de setembro na cidade de El-Hawija, ao norte do país. Al-Sahi, pertencia a milícia ligada ao governo iraquiano, al-Hashd al-Shaabi, também conhecida como Mobilização Nacional.

A orientação do grupo a que pertencia Al-Sahi é Xiita, grupo minoritário no mundo e também no Iraque. O Daesh (Estado Islâmico), grupo terrorista que tinha a intenção de criar um Califado, segue a corrente Sunita do Islamismo e como a Arábia Saudita impõe uma visão bastante rígida da Sharia.

Chris Kyle (A lenda)



O número de Al-Sahi supera em muito a de Cris Kyle, que foi um atirador pertencente a marinha americana  e que foi responsável por pelo menos 150 mortes confirmadas. Kyle, ao contrário de Al-Sahi, não morreu em combate, mas pelas mãos de um ex-combatente também americano, que apresentava problemas psiquiátricos.

A vida de Kyle se tornou uma produção de Hollywood no filme “Sniper Americano

Fontes:

<http://www.gulf-times.com/story/565643/Anti-IS-sheikh-sniper-killed-in-battle-for-Iraq-s-Hawija e https://special-ops.org/news/special-forces/famous-iraqi-sniper-killed-500-terrorists-dies-confronting-isis/>

Por Graan Barros

Facebook Comments


Compartilhe