CHINA ENVIOU FRAGATAS E CAÇAS PARA “AVISAR E EXPULSAR” NAVIO AMERICANO

  • Fragata Tipo 054A (575 FF) Yueyang Foto de Shannon Renfroe (Marinha dos EUA) COMMONS
  • Caça J-11 Shenyang da China Foto da Força Aérea dos EUA Sgt. D. Myles Cullen
  • Fragata Classe Arleigh Burke USS Chafee (DDG 90) FOTO Joseph Pol Sebastian Gocong (COMMONS)

A China enviou uma fragata e aviões de combate para alertar e expulsar um destroier da Marinha dos EUA, depois que este navegou nas ilhas do Mar da China Meridional na terça-feira, disse o Ministério Nacional da Defesa da China (MND) nesta quarta-feira.

A fragata Huangshan , dois caças J-11B e um helicóptero foram enviados em resposta à presença do navio da Marinha dos EUA, disse um porta-voz do MND em um comunicado, acrescentando que o exército chinês aumentará sua autodefesa à luz da constante provocação militar dos EUA , e defenderá firmemente a soberania e os interesses da China.

Caça J-11 Shenyang da China Foto da Força Aérea dos EUA Sgt. D. Myles Cullen

Caça J-11 Shenyang da China Foto da Força Aérea dos EUA Sgt. D. Myles Cullen

A resposta do MND ocorreu depois que o destroir de mísseis guiados dos Estados Unidos, Chafee, navegou perto das ilhas no Mar da China Meridional na terça-feira, informou a Reuters.



O relatório disse que o destroier “realizou manobras que desafiaram” reivindicações marítimas”. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, também denunciou a missão como uma violação da soberania e interesses da China na quarta-feira.

Fragata Classe Arleigh Burke USS Chafee (DDG 90) FOTO Joseph Pol Sebastian Gocong (COMMONS)

Fragata Classe Arleigh Burke USS Chafee (DDG 90) FOTO Joseph Pol Sebastian Gocong (COMMONS)

“A China se opõe fortemente ao movimento e apresentou representações solenes com os EUA (…) e o governo chinês continuará a tomar medidas firmes para proteger o território nacional, a soberania e os interesses marítimos”, disse Hua em uma conferência de imprensa diária.

O MND acrescentou que as marinhas dos dois países estão em um período crucial de desenvolvimento de laços e que a China exorta os EUA a corrigir seu erro e fazer mais para melhorar os laços bilaterais.

dieta-21-dias-pronta banner maior

Sucesso absoluto de aprovação e vendas!

Em agosto, o USS John S. McCainnavegou ilegalmente em águas próximas a um recife no Mar da China Meridional.

O porta-voz da MND, Wu Qian, disse em uma declaração que as fragatas dos mísseis da Marinha chinesa Huaibei e Fushunforam imediatamente enviadas para identificar o navio de guerra dos EUA, avisá-lo e expulsá-lo.

Fonte: Global Times

Facebook Comments


Compartilhe