BAENSPA ACOMPANHA DEMONSTRAÇÃO DO FALCÃO-ROBÔ

  • voo do falcão-robô

Nos dias 26 e 27 de setembro, foram realizadas na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) demonstrações com um equipamento denominado Falcão-Robô. Esse equipamento simula o voo do falcão peregrino, predador natural das principais aves que habitam em sítios aeroportuários. Essa ação auxilia na prevenção do Perigo Aviário.

Essas demonstrações contaram com a presença do Comandante da Força Aeronaval, Contra-Almirante Denilson Medeiros Nôga, do Comandante da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, Capitão de Mar e Guerra Marcos Antonio Souza de Araújo, entre outros Oficiais e Praças responsáveis pela Segurança de Aviação do Complexo Aeronaval.

Na ocasião, foi constatada sua efetividade para espantar as aves, porém observou-se que algumas delas retornaram para o local de onde foram afugentadas, principalmente os quero-queros, cujos ovos eram por eles protegidos. Segundo o especialista, a utilização do equipamento diariamente faz com que as aves comecem a considerar a área perigosa e se afastam permanentemente.



O biólogo da empresa AirHayabusa, Sr. Gustavo Trainini, explicou que a técnica de utilização do Falcão-Robô baseia-se na metodologia de “fustigação” das aves, que se sentem ameaçadas pela presença desse equipamento. Tal fustigação acaba por tornar o habitat escolhido por essas aves um local hostil, ocasionando assim sua transferência para outra região.

No que concerne à Segurança Operacional dos voos realizados no âmbito do aeródromo da BAeNSPA, a implementação de tal técnica de manejo indireto (onde não há o contato do homem com a ave) seria um avanço significativo para redução das estatísticas de quase colisões com a avifauna.

bloggif_59e89b1f017d8

 

bloggif_59e8998af2e30

 

Fonte: FORAER

Facebook Comments
Compartilhe