LAVROV: O ATAQUE DA COALIZÃO INTERNACIONAL CONTRA AS FORÇAS SÍRIAS É UMA VIOLAÇÃO FLAGRANTE DA SOBERANIA DA SÍRIA

  • Russian Foreign Minister Lavrov attends news conference after a meeting with his Finnish counterpart Tuomioja in Moscow
    Foto:. REUTERS/Sergei Karpukhin

Nicosia, SANA – O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, afirmou na sexta-feira que o ataque da coalizão internacional liderada pelos EUA em um dos pontos militares do Exército sírio na estrada al-Tanf na Badia síria é ilegítimo e ilegal e constitui uma violação flagrante da soberania de A República Árabe Síria.

“Qualquer que seja a razão para as decisões que o comando norte-americano de levar a cabo esse ataque foi ilegítima, ilegal e uma violação grave a soberania da República Árabe da Síria”, disse Lavrov a repórteres.

Ele disse que Moscou acredita que a recente greve da coalizão liderada pelos EUA contra as forças sírias significa o desejo de levar os oposicionistas e alguns extremistas a lutar contra o governo sírio, acrescentando que este ataque demonstra a intenção de Washington de usar alguns grupos extremistas como Jabhat al Nusra para lutar contra o governo legítimo na Síria.



O diplomata russo disse que Moscou está investigando os detalhes do recente ataque dos EUA, acrescentando que a Rússia está muito preocupado que o general, aparentemente ameaçador, da necessidade de unir esforços de todos os que realmente se opõem no terreno e no ar. Os terroristas do ISIS e de Jabhat al-Nusra estão começando a ruir.

Lavrov disse que não tem informações de que Washington alertou Moscou antes de realizar um ataque aéreo contra as forças sírias. “Eu não sei sobre nenhuma dessas advertências.”

Ele afirmou que adotar um memorando de sanções contra a Síria e seus aliados pela Câmara dos Deputados dos EUA no sábado desvia a atenção da comunidade internacional de enfrentar os terroristas e os esforços para impedi-los de alcançar seu controle sobre áreas no Oriente Médio.

Fonte: SANA

Manar / Ghossoun

Facebook Comments
Compartilhe