JORNAL ISRAELENSE AFIRMA QUE FORÇAS DE SEU PAÍS RETALIARAM ATAQUE NÃO INTENCIONAL DA SÍRIA

  • ShowImage
    AFP

Segundo, o jornal Jerusalem Post, “o exército (de Israel) atingiu posições na Síria no fim de semana depois que projéteis atingiram as colinas do Golã, o fogo era aparentemente errante da luta na Síria”. O foguete errante é  da provável luta do Hezbollah e tropas de regime contra grupos rebeldes perto de Ain Ayshaa, Samadiniyah a-Sharkiya e Madinat al-Ba’ath perto de Quneitra.[1] Ou seja, não tinham como alvo Israel.

Os foguetes caíram nas Colinas de Golan, território sírio, ocupado por Israel durante a Guerra dos Seis Dias. Segundo as Forças de defesa de Israel foram dois foguetes que caíram em território aberto e não causaram danos ou ferimentos.

Mas, segundo a Agência SANA da Síria a ação de Israel contra o território sírio “ocorreu depois que uma tentativa de infiltração de posições terroristas em campos de Quneitra foi frustrada e os terroristas sofreram grandes perdas”.[2] Ainda segundo a agência a ação prova a a ajuda de Israel aos grupos que tentam derrubar o presidente, Bashar Al Assad.



[1]http://www.jpost.com/Arab-Israeli-Conflict/Red-Alert-Siren-activated-on-the-Golan-Heights-488600

[2]http://sana.sy/en/?p=104772

Por Graan Barros

Facebook Comments


Compartilhe