G7 REJEITA SANSÕES CONTRA RÚSSIA, DEIXANDO SECRETÁRIO BRITÂNICO EM SITUAÇÃO EMBARAÇOSA

  • Boris Johnson retratado com o Ministro dos Negócios Estrangeiros Francês Jean-Marc Ayrault (à esquerda) e Rex Tillerson (à direita) ontem
  • 3F22F7BC00000578-0-image-a-2_1491953267371
    Boris Jonhson (Centro)

Os jornais britânicos, nas suas edição de hoje, noticiaram o grande vexame que foi a derrota do Secretário de Assuntos Estrangeiros Britânico, Boris Johnson ao tentar na Reunião do G7, isolar e impor novas sansões contra a Rússia de Vladimir Putin, pelo apoio ao governante sírio, Bashar Al Assad.

O Daily Mail lembrou que o episódio foi particularmente embaraçoso porque Johnson, dias atrás, havia cancelado uma viagem planejada a Moscou de cunho “diplomático” e ao invés disso, preferiu ir a Reunião do G7 e tentar impor um plano de confronto com a Rússia, tudo com o aval de Theresa May.

Entretanto, o relatório final do encontro foi um revés nas expectativas de Johnson, o G7 rejeitou qualquer nova sansão contra a Rússia. Pelo contrário, os chanceleres advertiram: “a Rússia não deve ser empurrada contra a parede”



Por Graan Barros

http://www.dailymail.co.uk/news/article-4404540/Boris-Johnson-faces-backlash-G7-snubs-sanctions-call.html

https://www.thetimes.co.uk/edition/news/johnson-stung-over-sanctions-against-russia-s925bppx8?CMP=TNLEmail_118918_1677711

 

 

 

Facebook Comments


Compartilhe