NAVIO-DOCA MULTIPROPÓSITO “BAHIA” AMPLIA CAPACIDADE DE OPERAÇÕES AÉREAS

  • Operação simultânea com helicópteros nos conveses de voo principal e secundário

Na busca por elevar a capacidade de operações aéreas da Esquadra, o Navio Doca Multipropósito “Bahia” passou por mais uma Vistoria de Segurança da Aviação, no dia 7 de março, conduzida pela Seção de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Comando da Força de Superfície, seguida pela validação dos envelopes de vento para as aeronaves da Marinha do Brasil (MB), nos dias 8 e 9 de março, coordenada pela Diretoria de Aeronáutica da Marinha.

Com a presença dos 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, 1º Esquadrão de Helicópteros de Instrução, Comando do 1º Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino e 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, que operam as aeronaves “Esquilo”, “Bell Jet Ranger III”, “Seahawk” e “Super Puma”, respectivamente, o navio foi inicialmente avaliado quanto à capacidade da tripulação em atuar operando com duas aeronaves ao mesmo tempo no convés de voo principal e uma no secundário, além de verificar a prontidão em situações de emergências aeronáuticas. Também foram testados os envelopes de vento recebidos da Marinha Nacional Francesa, que são parâmetros de direção e velocidade do vento que garantem a segurança nas operações com os helicópteros.

Com mais essa etapa cumprida, o navio amplia sua capacidade para operar com os diversos modelos de aeronaves disponíveis na MB, garantindo a segurança nas operações aéreas e a ampliação do poder combatente da Esquadra. O próximo passo será a retomada das operações aéreas noturnas.



Fonte: MB

Facebook Comments


Compartilhe