NOVAS LÂMINAS DO ROTOR DO CHINOOK AUMENTAM CAPACIDADE DE CARGA ÚTIL DO HELICÓPTERO

  • chinook_blades_630x354
  • ch_47_gallery_lrg_06_960

Segundo a Boeing, uma das tecnologias críticas para o futuro do helicóptero Chinook, foi agora testada e aprovada. Durante testes de voo nas instalações da Boeing em Mesa, Arizona, a aeronave demonstrou que as novas “Lâminas Avançadas (asas rotativas) do Rotor do Chinook”, em inglês: Advanced Chinook Rotor Blades (ACRB), garantiram um ganho extra de 1.500 libras de sustentação.

Desenvolvido pela Boeing e pelo Exército dos EUA, a ACRB é uma nova lâmina com design realizado totalmente em material compósito. Voar com a ACRB é um marco importante para o Chinook Block II, que está passando por uma série de atualizações focadas no aumento da carga útil, proporcionando comunalidade em toda a frota e criando uma base para futuros upgrades.

A versão corrente do helicóptero é a CH-47 F e suas especificações seguem abaixo.

ch_47_gallery_lrg_06_960

Diâmetro do rotor 18,29 m (60 pés)
Comprimento com Rotores em Funcionamento 30,14 m (98 pés, 10,7 pol.)
Fuselagem 15,46 m (50 pés, 9 pol)
Altura 5,68 m (18 ft, 7,8 in)
Largura da Fuselagem 3,78 m (12 pés, 5 polegadas)
Capacidade de combustível 3914 litros (1034 galões)
Velocidade máxima 302 km / h (170 KTAS)
Velocidade do cruzeiro 291 km / h (157 KTAS)
Raio da missão 200 nm (370,4km)
Teto de serviço 6.096 m (20.000 pés)
Peso Bruto Máximo 22.680 kg (50.000 libras)
Carga Útil 24.000 lbs (10.886 kg)

Facebook Comments
Compartilhe