FROTA DE HELICÓPTEROS “MERLIN” DO REINO UNIDO TERÁ SISTEMA DE VIGILÂNCIA DA LOCKHEED MARTIN

  • 1484566834841

A Subsecretária de Estado do Ministério da Defesa do Reino Unido, Harriett Baldwin  anunciou hoje, que a Lockheed Martin local, ganhou um contrato de 269 milhões de Libras com o Ministério da Defesa para o programa, CROWSNEST Airborne Surveillance (Sistema de Vigilância Aero-embarcado). O anúncio foi feito durante uma visita à Real Base Naval (HMNB), em Portsmouth. O contrato abrange a fase de demonstração e fabricação (D & M) e aprovisionamento inicial (IP) de peças sobressalentes para o programa CROWSNEST.

Com a garantia de mais de 200 empregos britânicos qualificados, tanto dentro da Lockheed Martin como através de fornecedores, o contrato segue uma fase inicial de avaliação entregue pela Lockheed Martin UK com o apoio da Thales e da Leonardo Helicópteros.

CROWSNEST foi projetado para prover a alerta antecipado para ameaças aéreas e de superfície, potencialmente as de longo alcance na proteção dos novos porta-aviões da Classe Rainha Elizabeth, atualmente em construção.



No âmbito do contrato CROWSNEST, a Lockheed Martin, como contratante principal, é responsável pela concepção e desenvolvimento global do sistema CROWSNEST, que incorpora uma versão melhorada do radar Thales Searchwater existente e do Cerberus Mission System à frota de helicópteros Merlin HM Mk2, da Royal Navy.

A Leonardo Helicopters será responsável por projetar as modificações de estrutura e mecanismo de implantação para o radome, limpando a aeronave para operar nessa configuração CROWSNEST. Serão modificadas todas as 30 aeronaves da Royal Navy HM Mk2. A Leonardo Helicopters realizará o trabalho em sua unidade de Yeovil e na RNAS Culdrose.

Paul Livingston, Vice-Presidente e Diretor Geral do Grupo dos negócios de Sistemas Integrados da Lockheed Martin UK, com sede em Havant, afirmou:

Estamos satisfeitos e animados com o contrato e ele veio em um momento oportuno. Para nós, ele fecha o capítulo do Merlin e abre outro”. Ele continuou: ” 2016 marcou o vigésimo quinto aniversário do programa Merlin e entregamos com êxito o trigésimo e último Merlin HM Mk2 através do nosso trabalho no contrato do programa Merlin Capability. 2017 será o ano do Navio Aeródromo Rainha Elizabeth que, pela primeira vez, começará os seus testes no mar. Crowsnest irá desempenhar um papel integral em operações no futuro.

Fonte: Lockheed Martin

Facebook Comments


Compartilhe