ESTADOS UNIDOS APROVA A VENDA DO MÍSSIL SM-6 A OUTROS PAÍSES

  • sm-6-lancamento-a-partir-do-uss-john-paul-jones-em-agosto-de-2015
    SM-6 Lançamento a partir do USS John Paul Jones em agosto de 2015.

TUCSON, Arizona , 10 de janeiro de 2017 – O Departamento de Defesa dos Estados Unidos aprovou a venda do míssil SM-6 “Standard Missile-6 fabricado pela Raytheon Company para clientes internacionais. Muitos países estavam querendo adquirir o SM-6 para reforçar seus programas de construção naval.

O SM-6 atualmente, oferece aos navios da Marinha dos Estados Unidos proteção de longo alcance contra aeronaves de asa fixa e rotativa, veículos aéreos não tripulados, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos na fase terminal do voo. No início deste ano, o míssil também foi testado com sucesso contra alvos de superfície do oceano.

“Marinhas internacionais estão buscando um nível de proteção sofisticada que o SM-6 consegue fornecer”, afirmou  Mike Campisi, diretor sênior do programa SM-6. “A flexibilidade deste míssil multi-missão gera economias significativas para nossos parceiros e aliados.”

O SM-6 consegue ir mais longe e mais rápido. Ele quebrou o recorde da maior gama de interceptações superfície-ar em setembro deste ano. [1]

Em abril 2015 , a Raytheon entregou o primeiro lote de produção plena do SM-6 no valor de seu $ 75 milhões. A Raytheon já forneceu mais de 300 mísseis SM-6 com produção contínua.

Sobre o “Standard Missile-6”


SM-6 oferece comprovada eficácia de longo alcance, na defesa antiaérea.

  • SM-6 oferece capacidade de multi-missão para a Defesa Aérea de Longo Alcance e Guerra Anti-Superfície.
  • O SM-6 usa modos de orientação ativa e semi-ativa e técnicas avançadas de fuzing.
  • Ele incorpora o processamento avançado de sinais e capacidades de controle de orientação do míssil ar-ar avançado de médio alcance.

Abaixo, teste contra um míssil de cruzeiro, BQM-74

[1]http://raytheon.mediaroom.com/2016-03-07-SM-6-shatters-engagement-distance-record

Fonte: Raytheon

Facebook Comments
Compartilhe