ITAMARATY PRESTOU HOMENAGEM AO EMBAIXADOR DO IRÃ NO BRASIL EM SUA DESPEDIDA

  • embaixadora-maria-luiza-viotti-prestou-homenagem-ao-embaixador-do-ira-mohammad-ali-ghanezadeh-ezabadi-por-ocasiao-de-sua-despedida
  • ira
  • Embaixadora Maria Luíza Viotti, prestou homenagem ao embaixador do Irã, Mohammad Ali Ghanezadeh Ezabadi, por ocasião de sua despedida.

Em 21 de dezembro de 2016, a subsecretária-geral da Ásia e do Pacífico, Embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti, prestou homenagem ao embaixador da República Islâmica do Irã, Mohammad Ali Ghanezadeh Ezabadi, por ocasião de sua despedida.

O embaixador Ghanezadeh Ezabadi esteve à frente da representação diplomática da República Islâmica do Irã no Brasil desde 2012.

Embaixadora Maria Luíza Viotti, prestou homenagem ao embaixador do Irã, Mohammad Ali Ghanezadeh Ezabadi, por ocasião de sua despedida.

Embaixadora Maria Luíza Viotti, prestou homenagem ao embaixador do Irã, Mohammad Ali Ghanezadeh Ezabadi, por ocasião de sua despedida.

Estabelecidas em 1903, as relações Brasil e Irã foram intensificadas nos últimos anos, como demonstram as iniciativas bilaterais e as visitas de altas autoridades de ambos os países realizadas a partir de 2008. Brasil e Irã mantêm iniciativas de cooperação em diferentes áreas de interesse comum, como energia (hidroeletricidade e energias renováveis), ciência e tecnologia, capacitação industrial, temas sociais, educação, esportes e cultura.



RELAÇÕES BRASIL-IRÃ

Estabelecidas em 1903, as relações Brasil e Irã foram intensificadas nos últimos anos, como demonstram as iniciativas bilaterais e as visitas de altas autoridades de ambos os países realizadas a partir de 2008. Nesse período, houve troca de visitas presidenciais (do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Irã, em 2010, e do Presidente Mahmoud Ahmadinejad ao Brasil, em 2009) e  diversas visitas ministeriais de ambos os lados. Em 2015, o relacionamento bilateral ganhou novo impulso com as visitas a Teerã do Ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, e do Ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, em momento de importante reconfiguração da inserção internacional do Irã, após a conclusão do acordo sobre o programa nuclear do país.

O Brasil saudou a conclusão do Plano de Ação Abrangente de Ação Conjunta (JCPoA), assinado entre os P5+1 (EUA, China, França, Reino Unido, Rússia e Alemanha) e o Irã, em julho de 2015. O acordo, que retira a questão nuclear iraniana da agenda do Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU), representa importante vitória da diplomacia sobre o uso da força na solução de controvérsias internacionais e consagra princípios defendidos pelo Brasil desde 2010, quando o país articulou iniciativa conjunta com a Turquia e o Irã para a solução da questão nuclear iraniana. A Declaração de Teerã, assinada na ocasião, tinha como objetivo construir confiança e permitir o desbloqueio das negociações entre os P5+1 e o Irã, mas não chegou a ser posto em prática, devido à aprovação, pouco tempo depois, de nova rodada de sanções contra o Irã propostas pelos Estados Unidos no CSNU.

No plano bilateral, Brasil e Irã mantêm iniciativas de cooperação em diferentes áreas de interesse comum, como energia (hidroeletricidade e energias renováveis), ciência e tecnologia, capacitação industrial, temas sociais, educação, esportes e cultura.

O Irã vinha-se tornando importante parceiro do Brasil nos últimos anos. Entre 2002 e 2009, a corrente bilateral de comércio passou de US$ 500 milhões para US$ 1,24 bilhão. Em 2010, o Irã tornou-se o segundo maior comprador de carne do Brasil, ficando atrás apenas da Rússia, e, em 2012, o comércio atingiu US$ 2,18 bilhões. As sanções internacionais aplicadas contra o Irã desde 2012 por seu programa nuclear prejudicaram o comércio bilateral, que se reduziu a US$ 1.44 bilhão em 2014. Com o levantamento das sanções decorrente do JCPoA, espera-se que o comércio bilateral retome o caminho do crescimento que vinha trilhando desde 2009.

ira

Cronologia das relações bilaterais

1903 – Estabelecimento de relações diplomáticas entre o Brasil e o Irã

1965 – Visita do Xá Reza Pahlavi ao Brasil

1976 – Visita ao Irã do Ministro da Fazenda, Mário Henrique Simonsen

1991 – Visita ao Irã do Ministro das Relações Exteriores, Francisco Rezek

1993 – Visita ao Brasil do Chanceler Ali Akbar Velayati para chefiar a delegação de seu país à III Reunião da Comissão Mista Bilateral

2000 – Realizada a I Reunião de Consultas Políticas, em Teerã

2002 – Visita ao Irã do Ministro da Cultura, Francisco Weffort, para participar da reunião do “Diálogo das Civilizações”

2005 – Visita ao Brasil do Ministro da Agricultura do Irã, Mahmoud Hojjati

2005 – Visita ao Brasil do Ministro da Economia e das Finanças do Irã, Feyed Safdar Hosseini, que foi recebido em audiência pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

2005 – Visita oficial do Embaixador Said Jalili ao Brasil, como enviado do Presidente Ahmadinejad

2006 – Visita ao Brasil do Presidente do Parlamento iraniano, Gholam Ali Haddad-Adel

2008 – Realização da VI Reunião de Consultas Políticas em Brasília

2008 – Visita ao Irã do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim

2009 – Visita ao Brasil do Ministro dos Assuntos Cooperativos do Irã, Mohammad Abbassi

2009 – Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros do Irã, Manouchehr Mottaki

2009 – Visita ao Brasil do Presidente Mahmoud Ahmadinejad ao Brasil, ocasião em que foi recebido pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

2010 – Visita ao Irã do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a primeira de um mandatário brasileiro àquele país. Assinatura da Declaração de Teerã, subscrita por Brasil, Turquia e Irã, acerca do programa nuclear iraniano

2012 – Participação do Presidente Ahmadinejad na Conferência Rio+20

2013 – Visita ao Irã do Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, para assistir a cerimônia de posse do Presidente Hassan Rouhani

2014 – Visita ao Brasil do Presidente do Conselho Estratégico de Relações Exteriores do Irã, Seyed Kamal Kharrazi

2015 – Visita ao Irã do Ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira (setembro)

2015 – Visita ao Irã do Ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro (outubro)

2016 – Visita a Teerã do Subsecretário-Geral de Assuntos Políticos II, Embaixador José Alfredo Graça Lima, para presidir, com o Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros para Europa e Américas, Embaixador Majid Takht Ravanchi, reunião do Mecanismo de Consultas Políticas Brasil-Irã (11 de abril)

Facebook Comments


Compartilhe