APESAR DE NENHUM GRUPO TER ASSUMIDO ATENTADO, ERDOGAN MANDA SUA FORÇA AÉREA BOMBARDEAR OS CURDOS

  • CBS News Holly Williams
  • Curdos AFP Photo Safin Hamed

Apesar de não saber quem realizou um ataque terrorista contra um comboio militar, ontem na Turquia, pois nenhum grupo assumiu a autoria, o presidente Recep Tayyip Erdoğan autorizou o seu ministro da defesa a atacar posições dos Curdos na Síria. [1] O ataque que aconteceu, hoje pela manhã, foi realizado por aeronaves de ataque da Força Aérea da Turquia e atingiu posições dominadas por membros do Partido da União Democrática (YPG) e do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

A pressa de Erdogan em encontrar um culpado para o atentado, que matou 28 militares turcos, é muito provavelmente, a rápida expansão curda no norte da Síria, ajudada pela Rússia. [2]Desde que as Forças Aeroespaciais Russas entraram no conflito, os Curdos, que já eram grupo vinha obtendo maior sucesso contra o Isis (Estado Islâmico ou Daesh), não pararam de avançar rumo a fronteira turca, o que deve estar trazendo grandes preocupações ao presidente Erdogan.

Os Curdos ficaram conhecidos mundialmente na época da Guerra Irã e Iraque em 1988, quando o então governante do Iraque, Sadan Hussein atacou a cidade de Halabja (Curdistão iraquiano) com armas químicas, matando quase 8000 civis. A partir desse momento a comunidade mundial observou a necessidade de criar um território para esse povo. Atualmente, além da Rússia (aliada de situação), os Curdos são apoiados pelos EUA, contrariando os interesses da Turquia do presidente Erdogam, que faz parte da OTAN, organização que é liderada pelos EUA.

Curdos AFP Photo Safin Hamed

Por Graan Barros

[1] http://news.yahoo.com/reports-syrian-man-behind-deadly-073725723.html

[2] http://news.yahoo.com/kurds-advance-syria-divides-u-turkey-russia-bombs-123606061.html

Foto (F-16): SAC Helen Farrer RAF Mobile News Team/MOD, OGL, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=34695003

Foto (Curdos): AFP Photo Safin Hamed

 

Facebook Comments
Compartilhe