NETANYAHU PERSUADE OBAMA A RECONHECER COLINAS DE GOLAN COMO TERRITÓRIO ISRAELENSE

 Foto: Andrew Harnik

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu pediu publicamente ao presidente Barack Obama a reconhecer a reivindicação de Israel sobre as Colinas de Golã durante reunião na Casa Branca na segunda-feira passada(9).
 
Durante a reunião, Netanyahu disse a Obama que ele tem dúvidas que a Síria poderá novamente ter um poder central com fronteiras reguladas e que a atual situação “permite ter um novo pensamento” sobre o futuro status das Colinas de Golã.

Obama supostamente não respondeu à sugestão de Netanyahu. Várias figuras israelenses pediram recentemente que Netanyahu tentasse persuadir os EUA a reconhecer as Colinas de Golã como território israelense. No início desta semana, o ex-embaixador de Israel nos EUA, Michael Oren finalmente convenceu Netanyahu “a pedir o reconhecimento americano da soberania total israelense sobre as Colinas de Golã através de uma declaração presidencial e carta oficial.”
Israel conquistou o controle das Colinas de Golã durante a  Guerra dos Seis Dias em 1967 e controlou o território. Uma única vez houve uma breve incursão síria durante a Guerra do Yom Kippur 1973. Em 1981, Israel anexou o território e estendeu o controle civil israelense sobre a região. O movimento de Israel não foi reconhecido pela comunidade internacional, incluindo os EUA
 
Em vários momentos, Israel tem negociado secretamente com a Síria sobre o status das Colinas de Golã. As negociações mais recentes ocorreram em 2011, apenas alguns meses antes da eclosão da guerra civil síria.
 
Tradução e adaptação: Editor
 
Fonte: JNS
Facebook Comments


Compartilhe