RECADO DE PUTIN PARA PRESIDENTE TURCO: VÁ PARA O INFERNO COM SEUS TERRORISTAS DO ESTADO ISLÂMICO

 
O presidente Vladimir Putin convocou o embaixador turco em Moscou, Umit Yardim, quebrando todos os protocolos, para esclarecimentos em relação a postura turca sobre a Síria. Putin rechaçou todas as acusações turcas de que a Rússia seria responsável pela longo conflito que a Síria passa.
 
Segundo o jornal russo, Moscow Times, Putin pediu que Yardim desse o seguinte recado ao presidente turco, Tayyip Erdogan: “Informe o seu presidente ditador que ele pode ir para o inferno e leve junto os seus terroristas do Estado Islâmico. Farei da Síria uma grande “Stalingrado” para Erdogan e seus aliados sauditas que não são menos cruéis que foi Adolf Hitler.”
 
Para Putin a Turquia assumiu um papel malévolo em relação ao Iraque e Iêmen, além de apoiar todas as atividades terroristas que tentam derrubar o governante Sírio, Bashar Al-Assad. O presidente russo também chamou o presidente turco de hipócrita por sua postura em relação ao Egito.
 
Também no dia três, o líder da oposição turca criticou o presidente Tayyip Erdogan, de bloquear as tentativas de criar um governo de coalizão. Segundo ele o governo trabalha com “políticas sangrentas”.
 
Essas políticas a que Kilicdaroglu se refere são os ataques realizados pelas forças armadas turcas contra o Partido de Trabalhadores do Curdistão (PKK) no norte da Turquia. O mais grave nisso tudo é que os são Curdos o único grupo que tem conseguido deter o avanço do Estado Islâmico nas frentes em que atua.
 
Resumindo: Com esse recado tão forte do líder russo, delineia-se de forma clara como estão divididas as forças no Oriente Médio e seus aliados. Egito, Arábia Saudita, Iraque,Turquia, Israel e EUA de um lado e Irã, Síria, China e Rússia de outro.
 
Por Graan Barros
Facebook Comments


Compartilhe