ESQUADRÃO HA-1 ENVIA DESTACAMENTO AÉREO EMBARCADO PARA OPERAÇÃO NO LÍBANO

 
No dia 15 de agosto, o 1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque (HA-1) embarcou o Destacamento Aéreo Embarcado (DAE) da Operação Líbano VIII. O destacamento é composto por três oficiais e onze praças, e permanecerá embarcado na Corveta “Barroso” (V-34) até abril de 2016.
O navio suspendeu da Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ), no próprio dia 15 de agosto, e fará paradas logísticas nos portos de Salvador, Las Palmas (Espanha) e Nápoles (Itália), com previsão de chegada a Beirute (Líbano) no dia 15 de setembro.
 
A V-34 substituirá a Fragata “União” (F-45), atual Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), que se encontra naquela região desde janeiro de 2015.
 
A Missão UNIFIL foi criada em 1978 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e desde 2011 a Marinha do Brasil (MB) está no comando da FTM. O componente marítimo tem como função realizar operações de interdição marítima e vigilância, a fim de impedir a entrada de armas e contrabando, além de contribuir com o treinamento da Marinha libanesa.
 
O Esquadrão HA-1 provê a aeronave orgânica Super Lynx para otimização da missão atribuída à Marinha, principalmente no que tange à patrulha e ao esclarecimento da costa libanesa. A presença da MB naquela região contribui para garantia da paz e da segurança no sul do Líbano.
 
Fonte: Marinha do Brasil
 
 
Editor:
Vista ultimamente com um “Esquilo” no convoo, será um colírio para os olhos ver a Corveta Barroso operando um helicóptero ASW de verdade.
Facebook Comments
Compartilhe