SUBMARINO FRANCÊS AFUNDA PORTA-AVIÕES DOS EUA E SUAS ESCOLTAS


A série de exercícios navais conjuntos dos EUA e da França terminou de uma forma inesperada para o exército norte-americano.

As manobras acabaram com o submarino francês afundando o porta-aviões dos EUA e a maioria dos seus navios de escolta.
 
Os exercícios duraram 10 dias na costa do estado da Flórida. O submarino nuclear francês Saphir se juntou com o Grupo 12 de exercícios com porta-helicóptero dos EUA, que também incluiu o super porta-aviões Theodore Roosevelt (apelidado de Big Stick), vários cruzadores Ticonderoga (ou destruidor Arleigh Burke) e submarino nuclear da classe Los Angeles.
 
Os exercícios tinham o objetivo de testar o super porta-aviões recém-modernizado por US$ 2,6 bilhões. 




No entanto, durante a segunda fase dos exercícios, o navio francês passou para o lado inimigo e recebeu a missão de atacar o Theodore Roosevelt. E assim o fez, esgueirando profundamente na defensa do Grupo 12, sem ser detectado pelas unidades antissubmarino norte-americanas, e, no último dia dos exercícios, “afundou” o Roosevelt e a maioria dos seus navios de escolta.

Fonte: Sputnik News
Facebook Comments


Compartilhe