ESCOLA DE FOGO: 1ª BRIGADA DE ARTILHARIA ANTIAÉREA REALIZA EXERCÍCIO EM FORMOSA

Míssil IGLA-S flagrado entre o momento em que foi ejetado do tubo lançador pelo “propulsor de lançamento” e acionamento do “propulsor de sustentação” que o levará até o alvo.
Formosa (GO) – Entre os dias 5 e 8 de agosto, o Exército Brasileiro realizou a Escola de Fogo de Instrução no Campo de Instrução de Formosa/6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes. O exercício, sob o comando do Comando Militar do Sudeste e coordenação da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, reuniu 5 grupos e 9 baterias de artilharia antiaérea de diversas partes do Brasil com o objetivo de adestrá-las, padronizar procedimentos e compartilhar as experiências de melhores práticas.
 
Durante o evento foram utilizados o canhão de 40mm, Bofors, a Viatura Blindada de Artilharia Antiaérea Gepard, que possui elevada cadência de tiro e o míssil portátil IGLA-S, direcionado pelo calor. Os alvos utilizados durante o tiro foram os aeromodelos ECLIPSE, confeccionados pelo 3º Grupo de Artilharia Antiaérea, garantindo maior realismo ao exercício.
 
Mesmo com o espaço aéreo fechado pelo Comando Aeroespacial Brasileiro, COMDABRA, um raio de 60 Km foi monitorado com a utilização do Radar Saber–M60, garantindo que nenhuma aeronave entrasse na área restrita durante a atividade.
 
VBC Def AAe Gepard 1A2
No último dia, uma apresentação prestigiada pelo Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, General de Exército Sinclair James Mayer, pelo Comandante Militar do Sudeste, General de Exército João Camilo Pires de Campos, por Oficiais-Generais e autoridades civis e militares, demonstrou a capacidade de fogo da nossa artilharia antiaérea.
 
Fonte: Exército Brasileiro


Leia Mais!

CAMPO DE PROVAS DE ASHULUK, A “FORMOSA” DOS RUSSOS

Facebook Comments


Compartilhe